conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Campo Mourão

Após 70 dias de prisão, laudo aponta que casal não transportava cocaína em produto de limpeza

Produtos de limpeza apreendidos com casal sob a acusação de conter cocaína diluída. Foto: PRF Divulgação

Casal de jovens que foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no dia 30 de outubro em Campo Mourão saiu da prisão na última quinta-feira (7), após laudo pericial apontar resultado negativo para cocaína, substância da qual eram acusados de traficar diluída em produtos de limpeza. Inocentes, eles ficaram presos por quase 70 dias.

A defesa do casal informou, desde o início, que ambos eram inocentes e que a cera líquida utilizada que transportavam é utilizada para limpeza de veículos e fabricada com diversos ingredientes, mas que não se tratava de cocaína.

“Desde o início do processo, fiz vários pedidos de liberdade provisória, habeas corpus, mas a Justiça não deu resposta positiva” disse a advogada de defesa Viviane Schon.

No começo deste ano foi divulgado o laudo pericial informando resultado negativo para as substâncias em questão. Desta forma, na última quinta-feira (7) foi revogada a prisão e expedido o alvará de soltura do casal.

Relembre o caso

De acordo com informações repassadas na época pela PRF, o casal, de 24 anos, estavam em um veículo na BR-369, quando foram abordados pelos policiais. O utilitário estava carregado com cera líquida automotiva, mas o motorista não apresentou nota fiscal inicialmente, e os produtos não apresentavam dados de responsável químico e CNPJ do fabricante. A nota foi encaminhada posteriormente via aplicativo.

Assim, os policiais realizaram um teste com reagente para cocaína (coca test), o qual apresentou coloração azul, indicando resultado preliminar positivo para cocaína, diluída no produto. O casal foi preso e o veículo que transportava 869 frascos pequenos e 20 frascos grandes com rótulos de 500 ml foi apreendido.

Com informações CGN

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Paraná

Quase 12% das pessoas internadas por covid-19 no Paraná, nesta terça-feira (23), têm entre 20 e 39 anos.

Campo Mourão

Decisão foi tomada diante do aumento de casos da covid-19 e a lotação de leitos hospitalares.

Campo Mourão

Esta é a segunda confirmação neste domingo (14) no município.

Campo Mourão

Após 19 dias de internação para tratamento do vírus, ele apresentou boa evolução do quadro clínico de saúde.