conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Paraná

Baleia ameaçada de extinção é encontrada morta no litoral do Paraná

Espécie é a segunda maior do oceano, ficando atrás somente da baleia azul

Foto: LEC/CEM/UFPR

Uma baleia-fin (Balaenoptera physalus) foi encontrada morta e em estado avançado de decomposição, na última terça-feira (21), na praia grande da Ilha do Mel,litoral do Paraná. Esta foi a 15º baleia encalhada em areias paranaenses neste ano. 

A baleia encontrada é um macho adulto e mede quase 20 metros e pesava aproximadamente 45 toneladas. A equipe do Laboratório de Ecologia e Conservação (LEC), via Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), encaminhou duas equipes até a ilha para o registro do encalhe e coleta de materiais biológicos e avaliação da condição da carcaça. Segundo os biólogos, é a primeira vez que o encalhe de baleia-fin é registrado no estado.

“Este é um registro incrível para a nossa região e o trabalho da equipe que conduz a necropsia permitirá que os pesquisadores avaliem a condição de saúde e a possível causa da morte do animal”, relatou a coordenadora do laboratório, a bióloga Camila Domit. 

As amostras biológicas serão enviadas para laboratórios parceiros que apoiam projetos de pesquisa. A carcaça da baleia foi enterrada, conforme o Protocolo de Atendimento a Encalhes de Animais Marinhos no Litoral do Paraná – PRAE (SEDEST/IAT/IBAMA). 

Foto: LEC/CEM/UFPR

Baleia-Fin

A baleia-fin é a segunda maior espécie de baleia existente no oceano, perdendo em tamanho apenas para a baleia azul. É considerada uma espécie ameaçada de extinção e está envolvida no Plano de Ação Nacional para Conservação de Espécies Ameaçadas de Extinção – PAN/ICMBIO. 

As Baleias-fin foram muito caçadas no século passado, causando uma diminuição de sua população estimada em 70%. Elas continuam a ser caçadas em pequenos números pelo Japão e também sofrem impactos decorrentes de colisões com grandes navios. Não se sabe ao certo se há um padrão migratório na espécie. Estima-se que a baleia-fin pode viver por pelo menos 80 anos. 

Com Tribuna do Paraná

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Campo Mourão

Cidade já perdeu 126 moradores para doença

Campo Mourão

Esta é a 119ª vitima da doença no município.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.