conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Campo Mourão

Câmara de Vereadores promete desativar 16 das 20 linhas de celular corporativo

A Câmara Municipal de Campo Mourão desativou, na última terça-feira (9), as linhas de 20 celulares corporativos. A confirmação faz parte de um requerimento de informações realizado pelo historiador Jair Elias dos Santos Junior ao Sistema Eletrônico de Informação ao Cidadão, cujo documento com a resposta assinada pelo Presidente da Câmara Jadir Soares Pepita (Cidadania) foi encaminhado na última segunda-feira (8).

Em janeiro os vereadores Márcio Berbet (PP) e Subtenente (Pros), solicitaram a Mesa Diretora da Câmara desativação das 20 linhas que objetivando que o legislativo reduza gastos público.

Segundo Pepita os vereadores, decidiram de comum acordo, suspender esse contrato com a Telefônica Brasil, cujo a vigência seguiria até maio desde ano. No entanto, informou que serão mantidas 4 linhas para uso geral da Casa Legislativa.

Dados do Portal da Transparência, nos últimos quatro anos, o volume total de gastos com celulares corporativos no Legislativo mourãoense somou R$ 164.406,53 mil aos cofres públicos.

  • 2016: R$ 40.331,16
  • 2017: R$ 39.200,32
  • 2018: R$ 40.371,46
  • 2019: R$ 42.768,35
  • 2020: R$ 42.066,40

Os aparelhos tidos como benefícios comuns concedidos pelo Legislativo, eram utilizados pelos aos 13 parlamentares e por 7 Chefes de Departamentos da Casa. A despesa no portal é descrita desta maneira “pagamento de serviço móvel pessoal SMP, com chamadas para telefones móveis das localidades de tarifação VC, VC-2 e VC-3 e assinatura básica mensal de 20 linhas, bem como prestação de serviço móvel pessoal SMP pós pago e fornecimento de 16 (dezesseis) acessos móveis com internet e mensagens”.

O oficio publicado por Jair Elias em suas redes sociais, nesta quinta-feira (11), ainda trás a informação que desde o início de 2021 os vereadores Edilson Martins (Cidadania), Elvira Schen (Cidadania), Sidney Tucano (PSD) e Jadir Pepita, fazem o uso das linhas, no entanto não esclarece se os nomes indicados para Chefe de Departamentos ainda utilizam deste beneficio.

No balando de despesas apresentado pela Câmara com os gastos pagos no mês de janeiro, consta a fatura de R$ 2.787,32 referentes ao mês de dezembro das 20 linhas corporativas. As linhas sendo desativadas no dia 9 de fevereiro, conforme informou Pepita, devem ainda constar, portanto na próxima prestação de contas da Casa.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.

Campo Mourão

Decisão foi tomada diante do aumento de casos da covid-19 e a lotação de leitos hospitalares.

Paraná

Quase 12% das pessoas internadas por covid-19 no Paraná, nesta terça-feira (23), têm entre 20 e 39 anos.