conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Campo Mourão

Campo Mourão começa a vacinar 1.259 pessoas contra COVID-19 nesta quarta-feira; Veja quem será imunizado

Secretario Comunicação, Ricardo Borges e Secretario de Saúde, Sergio Henrique dos Santos no anuncio do Plano Municipal de Imunização de Campo Mourão. Foto: Blog do Raoni

A vacinação contra a Covid-19 em Campo Mourão, vai começar às 9h desta quarta-feira (20). O município receberá 1.329 doses da CoronaVac, que serão aplicadas nesta primeira fase em profissionais da saúde da linha de frente do combate ao coronavírus e idosos que vivem no Lar dos Velhinhos. O anúncio do plano de vacinação foi feito nesta terça-feira (19), pelo Secretario Municipal de Saúde Sérgio Henrique dos Santos, em transmissão ao vivo nas redes sociais da Prefeitura.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) destinou para Campo Mourão 1.329 doses da vacina Coronavac para a primeira etapa da campanha, são duas doses por pessoa. As demais ficarão armazenadas no Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar) em Curitiba até o intervalo ideal da vacina, de três semanas, para garantir a segurança e o controle de temperatura.

O Secretario Sérgio informou que as doses que o município irá receber será capaz de vacinar parte do grupo prioritário que integra a primeira fase do plano de vacinação. “Gostaria de ressaltar que o plano é imunizar toda a população de forma escalonada, seguindo Plano Nacional de Imunização elaborado pelo Ministério da Saúde. Neste momento da campanha será priorizado aqueles profissionais que têm maior risco, que estão na linha de frente, disse.

Com estas vacinas serão imunizados 1.178 profissionais de saúde que atuam na chamada linha de frente de combate a covid-19 no município e 81 idosos residentes em asilo no município, outras 70 doses fazem parte da reserva recomendada para possíveis avarias e acidentes que possam ocorrer em todo o processo de vacinação. A entrega da vacina ao município deve acontecer ainda na tarde desta terça-feira.

De acordo com o Secretario, o atendimento desses idosos será realizada pela equipe de imunizações no próprio Lar. Já os profissionais da saúde, deverão buscar atendimento no Colégio Estadual Marechal Rondon, local escolhido por sua localização central para ser o posto de vacinação da cidade. Os atendimentos serão feitos nesta quarta, quinta e eventualmente na sexta-feira e os profissionais estarão cadastrados e somente esses poderão entrar no local de vacinação.

Paraná imunizado, chegada das vacinas no Cemepar Coronavac Foto: Gilson Abreu/AEN

O grupo prioritário para a vacinação em Campo Mourão tem 20. 269 pessoas no considerado grupo de risco, destes 1.838 são trabalhadores da área da saúde. A priorização da vacinação contra a covid-19 seguirá o adotado pelo Ministério da Saúde. A primeira fase municipal da vacinação mira:

  • Todos os vacinadores/aplicadores da vacina contra a covid-19;
  • Trabalhadores e idosos do Lar dos Velhinhos
  • Trabalhadores da Ala Covid da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e do Hospital Santa Casa, incluindo auxiliar de serviços gerais, recepção e equipe técnica;
  • Trabalhadores Samu e Siate;
  • Trabalhadores que atendem pacientes com covid-19 no Instituto do Rim; Hospital Pronto Socorro e Hospital Unimed;
  • Trabalhadores da Atenção Primária à Saúde que realizam coleta de exames RT-PCR em pacientes;

Ainda segundo o Secretario, Campo Mourão esta com toda sua equipe preparada para essa primeira etapa e aguarda novas informações sobre novas remessas de vacinas para assim seguir vacinando a população mourãoense.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Decisão foi tomada diante do aumento de casos da covid-19 e a lotação de leitos hospitalares.

Paraná

Quase 12% das pessoas internadas por covid-19 no Paraná, nesta terça-feira (23), têm entre 20 e 39 anos.

Campo Mourão

Esta é a segunda confirmação neste domingo (14) no município.

Campo Mourão

Após 19 dias de internação para tratamento do vírus, ele apresentou boa evolução do quadro clínico de saúde.