conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Paraná

Com liminar derrubada, Francischini perde novamente o mandato de deputado estadual 

O parlamentar que foi investigado por divulgar notícias falsas, em rede social, no primeiro turno das eleições de 2018, havia reassumido o mandato, ontem segunda-feira (6).

Fernando Francischini perde novamente o mandato de deputado estadual. Foto: Divulgação Alep

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a liminar do ministro Kássio Nunes Marques e voltou a tirar o mandato de deputado estadual de Fernando Francischini (União Brasil). A decisão por por 3 votos a 2, aconteceu nesta terça-feira (7) e reverteu a anulação do julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Francischini teve o mandato cassado em outubro de 2021 por divulgar notícias falsas sobre as urnas eletrônicas nas eleições de 2018.

Votaram para derrubar a decisão de Kassio Nunes os ministros Edson Fachin, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes. Apenas André Mendonça se juntou a Kassio Nunes pela manutenção da liminar – os dois foram indicados ao STF por Jair Bolsonaro (PL).

Deputados Fernando Francischini, Emerson Bacil, Cassiano Caron e Do Carmo reassumem o mandato na Assembleia Legislativa do Paraná, nesta segunda-feira (6).

Com a nova decisão também perdem cadeira na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) Emerson Bacil (PSL), Do Carmo (PSL) e Cassiano Caron (PSL). Eles reassumiram o cargo ontem, segunda-feira (6).

Em consequência desta decisão do STF, voltam a ocupar cargos os deputados Adelino Ribeiro (Patriotas), Nereu Moura (MDB), Elio Rusch (DEM) e Pedro Paulo Bazana (PV).

 

Nunes Marques suspende decisão do TSE que cassou deputado Francischini

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Campo Mourão

Cidade já perdeu 126 moradores para doença

Campo Mourão

Esta é a 119ª vitima da doença no município.

Campo Mourão

Outras 221 apostas faturaram a quadra.