conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Campo Mourão

Decreto libera eventos para até 200 pessoas e igrejas com até 50% da capacidade em Campo Mourão

Anunciado nesta terça-feira (10) documento libera novas atividades econômicas e mantém o horário do toque de recolher.

Um novo decreto anunciado nesta terça-feira (10) libera novas atividades econômicas e mantém o horário do toque de recolher em Campo Mourão. As mudanças foram anunciadas pela Prefeitura Municipal com aval do Comitê Covid-19.

Além da manutenção do horário do toque de recolher que vale da 00h até às 5h, será permitido a realização de eventos para até 200 pessoas e ocupação máxima para os templos religiosos sobe para até 50% da capacidade do ambiente.

Para promover o evento, o empresário deverá apresentar um plano de contingência com controle sanitário e medidas para não propagação do coronavírus à Ouvidoria Municipal. A Prefeitura alertou que a flexibilização deve ser acompanhada da manutenção dos cuidados como uso de máscara e distanciamento social, mesmo com a redução dos novos casos da Covid-19.

Para a flexibilização das medidas, o Comitê Covid considerou a redução do número de novos casos de coronavírus, assim como decreto estadual. As demais medidas restritivas de caráter obrigatório continuam em vigor. 

Permanece decretada situação de emergência em saúde pública no município como medida de enfrentamento da pandemia. A partir da meia noite, ficam permitidos apenas serviços de entrega pelo comércio noturno. O cumprimento das normas será fiscalizado pelas equipes do município.

Da Redação com Assessoria

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Campo Mourão

Cidade já perdeu 126 moradores para doença

Campo Mourão

Esta é a 119ª vitima da doença no município.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.