conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Comcam

Goioerê garante ao MP que serviço de acolhimento institucional não será interrompido

Em resposta a recomendação administrativa emitida pelo Ministério Público do Paraná (MPPR), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Goioerê, o atual prefeito Pedro Coelho (Cidadania) e o prefeito eleito Betinho Lima (PSD) de Goioerê garantiram que o serviço de acolhimento institucional de crianças e adolescentes na cidade não será interrompido.

Todas as partes envolvidas responderam por escrito o documento do MPPR, comprometendo-se a manter o acolhimento mesmo após a mudança da gestão municipal, inclusive com garantia de reserva de valores para custeio do serviço.

A recomendação foi expedida após a Promotoria de Justiça constatar o risco de interrupção do serviço – considerado essencial e cuja oferta é prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), ante o fim da vigência do termo de fomento no dia 31 deste mês.

Com Assessoria

Leia Também

MP recomenda que Goioerê adote medidas para assegurar continuidade no acolhimento a crianças e adolescentes

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.

Campo Mourão

Decisão foi tomada diante do aumento de casos da covid-19 e a lotação de leitos hospitalares.

Paraná

Quase 12% das pessoas internadas por covid-19 no Paraná, nesta terça-feira (23), têm entre 20 e 39 anos.