conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Paraná

Governo do Paraná prorroga medidas restritivas até 1º de abril

Decreto tem restrições mais brandas que as adotadas no fim de fevereiro.

Governador Carlos Massa Ratinho Junior – Foto: Rodrigo Félix Leal/AEN

O Paraná vive neste mês o pior momento da pandemia em todos os indicadores. Nesta terça-feira (16), o estado registrou o maior número de mortes por Covid-19 em um dia, com 310 novos registros. A lotação das UTIs do Sistema Único de Saúde (SUS) para adultos está em 96%. Há fila de 1.357 pessoas esperando por leitos, sendo 641 em UTIs – recorde desde o início da pandemia.

Neste cenário, o governador Ratinho Júnior (PSD) prorrogou as medidas menos restritivas até as 5h de 1º de abril. 

Confira as medidas :

  • Serviços não essenciais: poderão abrir, mas devem fechar nos fins de semana;
  • Comércio de rua e galerias e outros estabelecimentos de serviços não essenciais: podem abrir em cidades com mais de 50 mil habitantes, das 10h às 17h, de segunda à sexta-feira, com limitação de 50% da capacidade;
  • Aulas presenciais: suspensas na rede pública estadual;
  • Academias: podem atender das 6h às 20h, de segunda a sexta, com limite de 30% de ocupação;
  • Shoppings: podem abrir das 11h às 20h, de segunda a sexta, com limite de 50% da capacidade;
  • Restaurantes, bares e lanchonetes: podem atender entre 10h e 20h, de segunda a sexta, com limite de capacidade de 50%. Podem atender 24 h e aos fins de semana por modalidade de entrega;
  • Igrejas e atividades religiosas: podem funcionar com até 15% da capacidade;
  • Atividades: com aglomeração, cinemas, eventos, museus, festas, reuniões com aglomeração, confraternizações familiares ou de empresas, reuniões, casas de shows e eventos, parques infantis: continuam suspensos;
  • Atividades essenciais como farmácias, supermercados, clínicas médicas: continuam liberadas;
  • Toque de recolher: das 20h às 5h e com proibição da venda de bebidas alcoólicas neste horário.

Segundo o governo, haverá fiscalização mais intensa das forças policiais até o dia 31 de março.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Campo Mourão

Cidade já perdeu 126 moradores para doença

Campo Mourão

Esta é a 119ª vitima da doença no município.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.