conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Brasil

Instagram vai dificultar que adultos conversem e sigam adolescentes no aplicativo

Adolescentes também receberão avisos sobre segurança quando aplicativo detectar ‘comportamento suspeito’ de perfis.

O Instagram anunciou nesta terça-feira (16) novos recursos e políticas de segurança para menores de idade. A partir de agora, adultos não poderão enviar mensagens para adolescentes que não os seguem.

Ao fazer essa tentativa, os usuários receberão uma notificação que avisa que o recurso de mensagem direta não está disponível. As atualizações estão valendo no mundo todo.

A rede social afirma que o recurso utiliza a idade informada na hora do cadastro e inteligência artificial para prever se a informação está correta.

De acordo com as políticas do aplicativo, é preciso ter pelo menos 13 anos para fazer uma conta.

Em interações entre menores de 18 anos e adultos, o Instagram poderá exibir uma mensagem que alerta para “comportamento potencialmente suspeito”. Essa notificação dará opção para o bloqueio ou denúncia de contas direto no chat.

Para identificar o comportamento suspeito, o Instagram vai considerar contas que estão tentando seguir ou enviar mensagens para muitos menores de idade, segundo um comunicado.

A companhia afirmou que irá testar maneiras de tornar mais difícil para adultos que exibirem esse comportamento encontrar menores de idade na ferramenta de “sugestões para você”, que indica contas para seguir.

Usuários adolescentes também serão convidados e tornar os perfis privados ao se cadastrarem – e caso ele decida manter o perfil público, uma mensagem vai “destacar os benefícios de uma conta privada”.

Com G1

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Campo Mourão

Cidade já perdeu 126 moradores para doença

Campo Mourão

Esta é a 119ª vitima da doença no município.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.