conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Brasil

Isabel Salgado, ícone do vôlei brasileiro, morre aos 62 anos

Ex-atleta da seleção brasileira em duas Olimpíadas – Moscou (1980) e Los Angeles (1984) – integraria o grupo técnico de esporte do governo de transição do presidente eleito Lula.

Um dos grandes nomes do vôlei brasileiro, a ex-ponteira Isabel Salgado morreu aos 62 anos nesta quarta-feira (16). Ela estava internada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, após ser acometida por uma pneumonia por infecção bacteriana.

A ex-atleta do vôlei foi revelada em 1973, quando tinha apenas 13 anos de idade. Em 1978 e 1980, foi campeã brasileira. Em 1980, tornou- se a primeira jogadora brasileira a atuar na Europa, indo para a Itália. Ela disputou duas Olimpíadas: a de Moscou (1980) e a de Los Angeles (1984). Foi medalhista de bronze nos Jogos Pan-Americanos de 1979, em San Juan, Porto Rico.

Em 1990, migrou para o vôlei de praia, na modalidade, ela jogou em várias etapas do Circuito Mundial e brasileiro entre 1993 e 2001. Foi medalhista de ouro na etapa de Miami (EUA), em 1994.

A ex-atleta também era muito ativa na luta pela igualdade de direitos, além de combater a desigualdade social. Na última segunda-feira (14) Isabel tinha sido indicada para fazer parte da equipe do esporte na transição do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSB). Ela chegou a participar de uma reunião on-line, mas foi internada no mesmo dia na capital paulista, depois de passar mal.

Isabel Salgado deixou cinco filhos e cinco netos. Dos filhos, três também são estrelas do vôlei: Maria Clara Salgado, Pedro Solberg e Carol Solberg.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Campo Mourão

Cidade já perdeu 126 moradores para doença

Campo Mourão

Outras 221 apostas faturaram a quadra.

Campo Mourão

Esta é a 119ª vitima da doença no município.