conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Comcam

Lote com 2.370 doses de vacina contra COVID-19 chega a região

Vacinas Covid-19.  Foto: Gilson Abreu/AEN

O lote com a vacina contra a covid-19 desenvolvido pela Universidade de Oxford em parceria com o Laboratório AstraZeneca, chegou na manhã deste domingo (24),  no Aeroporto Municipal de Campo Mourão. Foram enviadas 2.370 doses para serem distribuídas nos 25 municípios que compõe a 11ª Regional de Saúde.

Segundo o chefe da Regional de Saúde, Eurivelton Siqueira, este lote ainda atende o grupo prioritário dos profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate à pandemia, segundo a orientação do Plano Nacional de Imunização (PNI) e do Plano Estadual de Vacinação (PEV). “A nossa meta com entrega dessa remessa é já conseguir imunizar 60% dos trabalhadores [da saúde] de todos os municípios da região”, salienta Siqueira.  Ao todo o Paraná recebeu 86.500 doses e os municípios comecem a vacinar na manhã desta segunda-feira (25).

Doses da vacina da AstraZeneca para cada município da região

CidadeDoses AstraZeneca/Fiocruz
Altamira do Paraná30
Araruna80
Barbosa Ferraz70
Boa Esperança30
Campina da Lagoa90
Campo Mourão860
Corumbataí do Sul30
Engenheiro Beltrão80
Farol30
Fenix30
Goioerê150
Iretama60
Janiopolis40
Juranda40
Luiziana50
Mamborê80
Moreira Sales80
Nova Cantu40
Peabiru50
Quarto Centenário30
Quinta do Sol30
Rancho Alegre d’Oeste20
Roncador60
Terra Boa100
Ubiratã210
TOTAL2.370

Fiscalização

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) orientou todas as regionais de saúde intensifiquem os processos de orientação e fiscalização para que não haja problema em relação à ordem de distribuição da vacina e para que não haja mais casos de “fura fila”.

O Estado irá averiguar o caso ocorrido em Nova Cantu e mais outras quatro denuncias ocorridas em outros municípios da região. A 11ª Regional de Saúde não informou quais cidades ocorreram os outros casos de desrespeito a fila de prioridade da vacinação.

Vacinas

Está programado pelo Ministério da Saúde a divisão de outras 900 mil doses de CoronaVac entre todos os estados do país ainda nesta semana. A estimativa, afirmou o secretário, é que aproximadamente 40 mil doses sejam encaminhadas para o Paraná. Outras 3,9 milhões de doses imunizantes, também desenvolvidas pelo laboratório chinês Sinovac, devem chegar até o fim do mês.

No total, confirmado os números da terceira remessa, o Paraná vai contabilizar cerca de 600 mil doses, isso daria pra garantir a vacinação dos mais de 272 mil profissionais da saúde paranaenses.

A diferença entre as vacinas CoronaVac e AstraZeneca, se dá em relação ao prazo de aplicação entre uma dose e outra, já que ambas preveem duas imunizações.

Enquanto a CoronaVac necessita de três semanas, a vacina de Oxford pede espaço de quatro meses. Assim, o primeiro lote, formado pelo imunizante da Sinovac, foi dividido em duas partes iguais, garantindo as duas doses para quem for receber.

No caso da AstraZeneca será usada todas as vacinas para pessoas diferentes, já que estão previstas a chegada de novas remessas ao Paraná neste intervalo de 120 dias. Ou seja, considerando a taxa de 5% de descarte, mais de 80 mil paranaenses receberão a primeira dose agora.

Plano

Segundo o Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19, que segue a mesma linha do Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde, na primeira etapa da vacinação serão imunizados profissionais da saúde que aplicarão as vacinas, pessoas com mais de 60 anos que residem em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) e os profissionais que atuam nos locais,  população indígena, pessoas com deficiência severa e trabalhadores que atuam em unidades de saúde que atendem pacientes com suspeita ou confirmação da infecção pelo novo coronavírus.

A definição de grupos prioritários seguiu critérios do Ministério da Saúde, como tempo de contato (ou exposição) com os pacientes infectados pela Covid-19 e pessoas com maior risco de complicações pela infecção causada pelo Sars-CoV-2.

Na sequência, o Estado planeja vacinar pessoas com 80 anos ou acima desta idade, pessoas entre 75 e 79 anos e assim sucessivamente, até aqueles que têm idade variando entre 60 e 64 anos. Com a quantidade de doses disponibilizadas, seguindo a ordenação por grupos prioritários, a previsão é vacinar o total de 4.019.115 pessoas até maio de 2021. A vacinação ocorrerá de acordo com o recebimento dos imunizantes, de forma gradual e escalonada.

Da Redação com informações Sesa

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Decisão foi tomada diante do aumento de casos da covid-19 e a lotação de leitos hospitalares.

Paraná

Quase 12% das pessoas internadas por covid-19 no Paraná, nesta terça-feira (23), têm entre 20 e 39 anos.

Campo Mourão

Esta é a segunda confirmação neste domingo (14) no município.

Campo Mourão

Após 19 dias de internação para tratamento do vírus, ele apresentou boa evolução do quadro clínico de saúde.