conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Paraná

Número de mortes violentas aumenta 14,8% no 1º semestre de 2020 no Paraná

A quantidade de mortes violentas intencionais cresceu 14,8% no 1º semestre deste ano no Paraná, enquanto no Brasil o aumento foi de 7,1%. O Paraná é um dos 13 estados brasileiros com aumento no número de mortes violentas acima da média nacional.

Esses dados fazem parte do 14º Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2020, elaborado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e divulgado nesta segunda-feira (19).

O Paraná havia registrado 1.114 mortes violentas em todo estado no primeiro semestre de 2019, no mesmo período de 2020 o número subiu e atingiu a marca de 1.279 mortes.

São consideradas mortes violentas intencionais o homicídio doloso, a lesão corporal seguida de morte, o latrocínio e as mortes decorrentes de intervenção policial.

Veja os números detalhados do Paraná:

  • Homicídio doloso: 2019 – 869 / 2020 – 1.050
  • Latrocínio: 2019 – 58 / 2020 – 24
  • Lesão Corporal seguida de morte: 2019 – 32 / 2020 – 26
  • Policial Civil e Militar vítimas crimes violentos letais intencionais: 2019 – 0 / 2020 – 3
  • Morte decorrente de intervenção policial (em serviço ou fora): 2019 – 155 / 2020 – 179

No Brasil, os homicídios dolosos (8,3%) e as mortes decorrentes de intervenção policial (6%) foram os que mais tiveram aumento. De 2019 para 2020, o número de casos passou de 20.105 para 21.764 e de 3.002 para 3.181, respectivamente.

O anuário publicado hoje também mostra a preponderância do uso de armas de fogo nas mortes violentas no país. 72,5% das mortes foram causadas por armas de fogo, 19,3% por armas brancas e 8,2% por outros tipos de instrumento.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.

Campo Mourão

Decisão foi tomada diante do aumento de casos da covid-19 e a lotação de leitos hospitalares.

Paraná

Quase 12% das pessoas internadas por covid-19 no Paraná, nesta terça-feira (23), têm entre 20 e 39 anos.