conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Campo Mourão

Para Diretran parada obrigatória em frente ao 11º Batalhão é regular

Para Diretoria de Trânsito (Diretran) a mudança na sinalização, implantada recentemente, na Avenida José Tadeu Nunes em frente ao 11º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Campo Mourão é legal e atende as normas .

Houve uma mudança na sinalização na via no final agosto. A partir de então, a preferencial é dos veículos que saem do Batalhão. Para quem trafega pelo local é necessário mais atenção para a sinalização vertical e horizontal que foram colocadas em frente ao quartel.

No entanto a nova sinalização é contestada na justiça por um munícipe de Campo Mourão, segundo o advogado Marcus Vinicius Nogueira dos Santos, que representa o cidadão autor da ação judicial “a placa de pare foi instalada de forma equivocada”.

No entendimento do advogado, a aplicação de multas baseadas na sinalização ferem o Código Brasileiro de Transito, as resoluções do Contran e o Manual Brasileiro de Sinalização e Transito.

Já para o diretor da Diretran, Renato Ikeda o assunto é “uma polemica desnecessária, porque a sinalização esta implanta e é regular”. A aplicação de multas é medida vista por Ikeda, como drástica, mas necessária, devido ao imenso desrespeito por parte dos condutores a essa orientação.

O Município diz que responderá ao questionamento na justiça, assim que for notificado da ação. Até o veredito final, o que vale é a sinalização vigente. O condutor que trafega na via deve obrigatoriamente deve parar, dando a preferencial para os veículos que entram e saem do quartel. Condutor que desrespeite essa orientação estará passível de multa.

De acordo com o artigo 208 do Código de Trânsito Brasileiro avançar o sinal vermelho do semáforo ou o de parada obrigatória é uma infração gravíssima com penalidade de multa de R$ 293,47 com perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

 

Da redação com informações TVCarajás

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Decisão foi tomada diante do aumento de casos da covid-19 e a lotação de leitos hospitalares.

Paraná

Quase 12% das pessoas internadas por covid-19 no Paraná, nesta terça-feira (23), têm entre 20 e 39 anos.

Campo Mourão

Esta é a segunda confirmação neste domingo (14) no município.

Campo Mourão

De acordo com a ação, as investigações constataram “a existência de atos que violam frontalmente o direito à saúde física e mental, à cultura,...