conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Comcam

Parque Urbano de Araruna é o primeiro inaugurado em novo programa ambiental

O Parque das Araras compreende os bairros Jardim Primavera, Jardim Araruama, Jardim Furlaneto e Jardim Aquarius.

Foto: SEDEST

Foi inaugurado nesta quinta-feira (23) , em Araruna, o primeiro parque do programa Parques Urbanos do Paraná. O Parque das Araras, com mais de 35 mil metros quadrados, deixou de ser um espaço subutilizado com problemas de erosão e se transformou em um reduto sustentável e de lazer. Ele compreende os bairros Jardim Primavera, Jardim Araruama, Jardim Furlaneto e Jardim Aquarius.

A região apresentava sinais de desmatamento e assoreamento e agora conta com pista de caminhada, um lago, trilha, academia ao ar livre e um playground para as crianças, entre outras estruturas. Os moradores deram início, também nesta quinta, ao plantio de mil mudas de árvores nativas para completar a área destinada à preservação, correspondente a 85% do total.

O programa Parques Urbanos é executado pelo Instituto Água e Terra (IAT). Em todo o Estado, 45 municípios têm obras em andamento,

“O parque tem mobilidade e oferece qualidade de vida para a população, especialmente para as crianças e idosos. É um sonho de anos que se torna realidade”, afirmou o prefeito de Araruna, Leandro Oliveira (Cidadania).

Dentro do programa, o município resolveu outro problema dos moradores, construindo uma ponte que liga o bairro Jardim Primavera ao Centro. As obras duraram pouco mais de um ano.

Moradora de uma casa perto do Parque das Araras há anos, Maria Regina Belussi dos Santos conta que foi testemunha da transformação no quintal de casa.

“Era feio, tinha uma paisagem horrorosa e agora está maravilhoso. Eu fico feliz vendo o pessoal andando e desfrutando desse espaço”, disse. Somente no Jardim Primavera, três mil pessoas serão beneficiadas com a nova estrutura.

O local abriga diversas nascentes que dão origem ao Córrego Timbó, que desagua no Córrego Rodrigues. O rio não tinha proteção e já havia sinais de desmatamento e assoreamento. Com a instalação do parque, além do reflorestamento da área degradada, será realizado um trabalho de manutenção e cuidado das águas.

A aposentada Ana Rodrigues de Souza mora na região. Ela e as amigas agora têm um local ideal para passear. “Agora temos um parque. Eu achei muito bonito a passagem que tem sombrinhas decorando. É muito gostoso ficar perto das árvores”, contou.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Campo Mourão

Cidade já perdeu 126 moradores para doença

Campo Mourão

Esta é a 119ª vitima da doença no município.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.