conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Educação

Prouni oferece 14.667 bolsas no Paraná; inscrições seguem até sexta-feira

Começaram na terça-feira (12) as inscrições para as 162 mil bolsas ofertadas pelo Programa Universidade de Todos (Prouni). Neste ano, devido ao adiamento da aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), as notas utilizadas serão referentes à prova de 2019.

Os candidatos devem se inscrever através da página do Prouni até sexta-feira (15) às 23h59, quando o sistema será fechado. O resultado da primeira chamada será divulgado ainda neste mês, no dia 19 de janeiro, já a segunda chamada será divulgada em 1º de fevereiro.

O Paraná é o terceiro estado do Brasil com o maior número de bolsas ofertadas na primeira seleção de 2021 do Programa Universidade para Todos (Prouni). O estado tem 14.667 bolsas abertas nesta edição, segundo o Ministério da Educação (MEC). O período de inscrições vai até sexta-feira (15). As vagas são divididas entre descontos integrais ou parciais do valor da mensalidade em instituições particulares de ensino. No Paraná, são 5.822 bolsas integrais.

O programa, que oferece bolsas de estudo integrais e parciais, possibilita o acesso a vagas em universidades particulares e é destinado a quem não tem diploma de graduação. Para se inscrever é necessário validar os dados de cadastro no portal de serviços do governo federal e seguir para o site oficial do Prouni.

Os candidatos podem escolher até duas opções de cursos e fazer alterações durante todo o período de inscrição. Diariamente, o sistema do Prouni calcula a nota de corte – menor nota para ficar entre os potencialmente pré-selecionados – de cada curso, com base no número de bolsas disponíveis e no total de candidatos inscritos no curso, por modalidade de concorrência.

Caso não seja convocado nas duas chamadas, há ainda a possibilidade de concorrer a uma bolsa pela lista de espera. Para participar, o candidato deve acessar a página de inscrição nos dias 18 e 19 de janeiro e manifestar o interesse em participar desta última etapa. Este resultado será divulgado no dia 22 de fevereiro.

A seleção para o 2º semestre também contemplará os estudantes que realizarão o Enem 2021, que ocorrerá nos dias 17 e 24 de janeiro.

Critérios

Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Para as bolsas parciais, de 50%, a renda familiar bruta mensal deve ser de até 3 salários mínimos por pessoa.

O candidato também precisa ter realizado a edição do ano de 2019 do Enem e ter alcançado, no mínimo, 450 pontos de média das notas. O estudante não pode ter zerado a redação.

Além disso, é preciso atender ao menos a uma das seguintes condições:

– Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em escola da rede privada, desde que na condição de bolsista integral desta última.

– Ser pessoa com deficiência.

– Ser professor da rede pública de ensino, da educação básica – neste caso não é aplicado o limite de renda exigido aos demais.

Fies também abrirá inscrições em janeiro

O período de inscrições para o processo seletivo do Programa de Financiamento Estudantil (Fies) para o 1º semestre de 2021 será de 26 a 29 de janeiro, com resultado divulgado no dia 2 de fevereiro. O programa do Ministério da Educação (MEC) é destinado a financiar prioritariamente estudantes de cursos de graduação e contempla o indivíduo que possui renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até três salários mínimos.

Para os pré-selecionados na chamada única do Fies, o prazo para complementar a inscrição será de 3 a 5 de fevereiro. Já os candidatos não pré-selecionados serão automaticamente incluídos na lista de espera e podem disputar uma das vagas. A convocação por meio desta lista ocorrerá de 3 de fevereiro a 18 de março de 2021.

Com informações Agência Brasil

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Campo Mourão

Cidade já perdeu 126 moradores para doença

Campo Mourão

Esta é a 119ª vitima da doença no município.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.