conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Paraná

Receita Federal apreende no Paraná uma droga desconhecida da ciência

Substância amarela compactada pesava 1,2 kg e estava dividida em cinco volumes vindos da Holanda com destino a São Paulo.

Foto: Divulgação Receita Federal

Uma nova droga ainda desconhecida da ciência foi encontrada no Paraná pela Receita Federal. O produto misterioso estava em pacotes originários da Holanda que passaram por fiscalização no Centro Internacional dos Correios em Pinhais,  região metropolitana de Curitiba,  no último dia 26 de agosto.

De acordo com a Receita, os cinco pacotes chamaram a atenção dos servidores quando passaram pelo scanner. Depois, a suspeita foi confirmada pelos cães de faro que sinalizaram algo de diferente nos volumes. Quando os agentes abriram os pacotes, cerca de 1,2kg de uma matéria sólida, compactada, de tom amarelo.

A substância misteriosa foi enviada ao Centro de Ciências Forenses do Departamento de Química da Universidade Federal do Paraná (UFPR) para análise. O laudo comprovou, divulgado na segunda-feira (13), uma desconfiança, mas trouxe uma novidade:

“Uma análise exaustiva dos dados de Ressonância Magnética Nuclear, obtida para a amostra e a comparação destes com a literatura, concluir que se trata de uma substância da classe dos canabinóides sintéticos. Além disso, os dados permitem concluir que se trata de um novo canabinoide sintético, ainda não descrito na literatura ”.

De acordo com o Laboratório, a droga foi identificada como um canabinoide sintético desconhecido, seu destino seria São Paulo, e não há mais detalhes sobre a origem ou os efeitos da substância.

Por se tratar de um produto novo, ele seguirá em análise e investigação pelas autoridades.

Foto: Divulgação Receita Federal

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Campo Mourão

Cidade já perdeu 126 moradores para doença

Campo Mourão

Esta é a 119ª vitima da doença no município.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.