conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Educação

Sem kit de prevenção à Covid-19, Paraná adia reabertura das escolas

Atraso na entrega de kits de proteção contra o coronavírus ocasionou o adiamento, por mais alguns dias, do retorno das atividades extracurriculares presenciais nas escolas públicas e particulares do Paraná. A notícia foi dada pela Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed), no sábado (17).

Estão autorizadas 54 escolas, do ensino infantil ao médio, de 30 cidades de todo o estado. Na região da Comcam, apenas o Colégio Helena Kolody de Terra Boa fará esse retorno.

Apesar de o retorno ter sido liberado a partir desta segunda-feira (19), a expectativa, agora, é que os estudantes estejam nas escolas na próxima  quarta-feira (21).

Segundo o secretário de educação, Renato Feder, o motivo do atraso na entrega dos kits seria do fornecedor dos materiais. Os kits auxiliarão na higienização e proteção dos profissionais da educação nas escolas. A secretária ainda informou que sem os kits não haverá reabertura.

Colégio Estadual Helena Kolody de Terra Boa

Critérios 

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) encaminhou ofício para o Ministério Público do Paraná (MPPR) no último dia 1º onde se compromete a seguir alguns critérios para a volta às aulas. Entre eles:

  • o controle da transmissão da doença com RT inferior a 1,0 e a diminuição constante na incidência, em pelo menos 50%, de casos confirmados e suspeitos, durante um período de três semanas;
  • o sistema de saúde deve estar apto para detectar, testar, isolar e tratar pacientes e para rastrear seus contatos;
  • os riscos de surto devem estar minimizados;
    devem ser adotadas medidas preventivas, com a apresentação de um plano detalhado de medidas sanitárias, higienização e garantia de distanciamento entre as pessoas no ambiente escolar, salas de aula e transporte;
  • administrar os riscos de casos da doença originados de outros lugares; e orientar e instrumentar a comunidade para se adaptar às novas regras.

Posição dos Profissionais de Educação

Representantes dos professores, a App-Sindicato, esta orientando que a categoria e a comunidade que não retorne às escolas.

O presidente do sindicato, professor Hermes Silva Leão, destaca a preocupação da entidade com a vida dos trabalhadores, estudantes e suas famílias, diante dos riscos que a medida do governo oferece para aumentar os casos de infecção e mortes pelo novo coronavírus no estado.

Responsabilidade dos Pais

Pais e responsáveis dos estudantes das escolas estaduais deverão autorizar previamente o retorno dos filhos para as atividades por meio de um formulário que deverá ser impresso e entregue na escola.

O documento, que é obrigatório, indica que será de responsabilidade da família a comunicação de possível infecção pelo vírus da covid-19.

Leia Também:

Saiba quais são os 6 critérios para a retomada das aulas presenciais na rede pública do Paraná

Saiba quais são as 54 escolas que retornarão com atividades extracurriculares presenciais

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.

Campo Mourão

Decisão foi tomada diante do aumento de casos da covid-19 e a lotação de leitos hospitalares.

Paraná

Quase 12% das pessoas internadas por covid-19 no Paraná, nesta terça-feira (23), têm entre 20 e 39 anos.