conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Comcam

Suspeito de pedofilia em Barbosa Ferraz, solto após liminar, volta a ser preso

Homem se apresentou na 9ª Subdivisão Policial de Maringá após o Tribunal de Justiça do Paraná suspender a liminiar que o mantinha em liberdade.

Polícia Civil do Paraná. Foto: AEN

O homem de 63 anos, suspeito de pedofilia na cidade de Barbosa Ferraz, se apresentou,  na tarde da sexta-feira (23), na 9ª Subdivisão Policial de Maringá após o Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) suspender a liminiar que o mantinha em liberdade.

O habeas corpus esteve na pauta da corte na última quinta-feira (22), e por unanimidade a 3ª Câmara Criminal do TJPR  negou a liberdade ao investigado.

Preso no dia 9 de abril, após a investigação da Polícia Civil apontar que o servidor público aposentado teria abusado sexualmente da sobrinha-neta. No entanto, ainda no dia 10 de abril a defesa do homem conseguiu uma liminar concedida pelo plantão do TJPR e ele foi solto. Fato que gerou revolta e protesto da população da cidade.  

Segundo o delegado Carlos Gabriel Stecca, que investiga o caso, no inquérito há provas suficientes para manter a prisão do suspeito. A menina, segundo as investigações, sofria abusos do idoso desde os 3 anos de idade.

A investigação começou em meados de março, após denúncia dos pais da vítima, uma menina de 8 anos. O suspeito estaria cometendo os abusos na casa da mãe dele há cerca de três anos, desde que a família da vítima se mudou de Cianorte para Barbosa Ferraz. 

Na casa do suspeito a polícia apreendeu um computador, celular e uma espingarda calibre 22, embora a arma tenha registro ela estaria sendo usada para ameaçar a vítima. Este não é o primeiro caso de abuso sexual envolvendo o homem, em 2020 ele foi investigado por estupro de vulneravél também em Barbosa Ferraz, processo que ele responde em liberdade. 

De acordo com o delegado Stecca, ainda não há informações se o acusado será transferido de Maringá para a carceragem de Barbosa Ferraz.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Campo Mourão

Cidade já perdeu 126 moradores para doença

Campo Mourão

Esta é a 119ª vitima da doença no município.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.