conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Campo Mourão

Vereador Tucano é um dos presos na Operação do Gaeco; Entenda o caso

Os policiais e o vereador presos na operação, são suspeitos de facilitar a passagem de mercadorias ilegais que seriam revendidas em estabelecimentos em Campo Mourão.

O vereador Sidney Ronaldo Ribeiro, o Tucano (PSD), foi preso na manhã desta quarta-feira (14), na Operação Força e Honra, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná (MP-PR), em conjunto com a Polícia Militar.

Ao todo, 27 policiais foram afastados e 14 foram presos na operação. Entre os presos estão soldados, um cabo, um sargento, um subtenente e o capitão Rodrigo dos Santos Pereira, comandante da 4ª Companhia da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) de Maringá, que teve também cumprido mandado de busca e apreensão em sua residência. Na casa de um dos presos, foi encontrado ainda dois tabletes de cocaína, certa quantidade de raxixe, dinheiro em espécie e aparelhos eletrônicos com procedência incerta.

A promotora de Justiça Juliana Costa explica que as investigações apontam um suposto esquema de pagamento de propinas a policiais rodoviários para a permissão da passagem de mercadorias importadas sem o pagamento de impostos, além de facilitação do tráfico de drogas. As investigações partiram do posto da PRE em Cruzeiro do Oeste, a PR-323, onde se encontra o posto é via utilizada por compradores de itens do Paraguai.

O valor do ‘pedágio’ dependia do volume transportado. Havia inclusive, segundo a investigação, uma tabela com os preços fixados. Boa parte das informações foram obtidas através de quebras de sigilo telefônico e bancário.

“Havia uma espécie de pedágio em que muitos compristas, para evitar uma abordagem ao longo da rodovia, paravam nos postos e pagavam esses valores que já eram tabelados, dependendo do tamanho do veículo. Caso não houvesse o pagamento dessa propina, essas mercadorias eram apreendidas”, afirmou a promotora Juliana Stofella da Costa.

 

O gabinete do vereador Tucano foi alvo de busca e apreensão, para o MP ele teria participação no esquema e está preso na carceragem da 16ª Subdivisão Policial de Campo Mourão.

De acordo com as investigações, Tucano que também é empresário do ramo de produtos eletrônicos, participava do esquema auxiliando na destinação dos produtos desviados apontando estabelecimentos que fariam a revenda da carga.

Em nota, o vereador nega as acusações.

O vereador SIDNEY RONALDO RIBEIRO foi surpreendido nessa manhã com a presença de policiais em sua casa para darem cumprimento a mandado de busca e apreensão, o que foi cumprido em suas empresas e em seu gabinete na Câmara de Vereadores de Campo Mourão-PR.
A defesa acompanha todo o procedimento e ainda nessa data apresentará as autoridades judiciais os esclarecimentos necessários acerca do ocorrido, afastando assim qualquer pré julgamento sobre o mesmo.
Nesse momento, podemos afirmar com veemência que o objeto da investigação não possui nenhuma relação com a atividade parlamentar do vereador.
Agradecemos o Presidente da Câmara de Vereadores dessa cidade, Vereador Jadir Soares – Pepita – que acompanhou a todo o momento os trabalhos das autoridades no gabinete do Vereador bem como o Departamento Jurídico da Casa através do Dr. Valter Francisco que juntamente com o presidente deram todo o suporte para que o ato fosse realizado com tranquilidade.
Sidney Ronaldo Ribeiro vive em Campo Mourão há mais de 30 (trinta) anos e jamais teve sua conduta e seu comportamento questionados justamente por que sempre primou por respeitar as pessoas e as leis. Em pouco tempo tudo será esclarecido e se provará que ele nada fez que possa macular sua imagem de excelente e honrada pessoa em todos os círculos que frequenta e que o levaram a ser reeleito para o segundo mandato entre os mais votados dessa Comarca.
Por fim, esclarece que não se furtará a aplicação da lei e que colaborará com as autoridades para o esclarecimento da verdade, em todas as esferas, agradecendo desde já o apoio da família, dos amigos e de seus eleitores.
Atenciosamente.
ELSO DE SOUSA NOVAIS
OAB/PR 32.849.

Com informações G1 e RicNotícias

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Campo Mourão

Cidade já perdeu 126 moradores para doença

Campo Mourão

Esta é a 119ª vitima da doença no município.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.