conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Paraná

Maringá registra aumento de 30% nas mortes por Covid-19 em uma semana

Na última semana a cidade registrou o 2º maior número de novas pessoas contaminadas no período de 13 semanas.

A cidade de Maringá registrou aumento de 30% de mortes por Covid-19 em uma semana, de acordo com números atualizados pela prefeitura. Conforme os dados do município, entre 14 de junho e domingo (20), foram 52 óbitos em decorrência da doença na cidade.

O total de mortes, que representa uma média de uma vítima a cada três horas, é também o maior das últimas sete semanas, com três altas consecutivas, segundo a prefeitura. Veja o número dos óbitos nas últimas dez semanas em Maringá:

  • De 12 a 18 de abril: 68 mortes;
  • 19 a 25 de abril: 36 mortes;
  • 26 de abril a 2 de maio: 55 mortes;
  • 3 a 9 de maio: 27 mortes;
  • 10 a 16 de maio: 19 mortes;
  • 17 a 23 de maio: 29 mortes;
  • 24 a 30 de maio: 29 mortes;
  • 31 de maio a 6 de junho: 32 mortes;
  • 7 a 13 de junho: 40 mortes;
  • 14 a 20 de junho: 52 mortes.

Em relação ao total de novas infecções, houve recuo de 1% na última semana, de acordo com os dados. Foram 1.779 novos casos da doença entre os dias 14 e 20, ante 1.797 na semana anterior.

Apesar da queda de confirmações, o número foi o segundo maior de novas pessoas contaminadas em Maringá nas últimas 13 semanas.

Desde o início da pandemia, Maringá soma 51.466 casos de Covid-19 e 1.237 mortes em razão da doença, conforme a Secretaria Municipal de Saúde.

A ocupação dos leitos públicos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com Covid-19 está em 100% – são 105 pessoas sob tratamento intensivo, ainda segundo a prefeitura.

Com G1

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Campo Mourão

Cidade já perdeu 126 moradores para doença

Campo Mourão

Esta é a 119ª vitima da doença no município.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.