conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Comcam

Em colapso, Goioerê e Campo Mourão tem 11 pessoas na fila de espera por leito covid

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.

Um relatório interno da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), ao qual o Blog do Raoni teve acesso, retrata a consequência mais cruel da explosão de internações por covid-19 na região da Comcam. Os dados mostram que, neste domingo (28), 11 pessoas estavam na fila de espera por um leito de enfermaria e de UTI em Campo Mourão e Goioerê.

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação da Sesa aguardando vaga em leitos clínicos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Na noite do sábado (27), havia 505 pessoas nessa condição em todas as macrorregiões do Estado.

Os pacientes da lista de espera estão internados e recebendo todo auxílio necessário para seu tratamento. A vaga em terapia intensiva é necessária porque garante assistência adequada e melhores chances de recuperação.

Profissionais de saúde que trabalham nos hospitais Santa Casa de Campo Mourão e Santa Casa de Goioerê têm relatado uma explosão na necessidade de internações.

Os médicos confirmam que o perfil dos pacientes que chegam em busca de ajuda hospitalar são mais jovens dos que estavam internados meses atrás.

O Estado adotou algumas medidas restritivas, válida até 8 de março. Neste sábado (27), no entanto, apesar da situação de calamidade na saúde pública e privado do Estado, houve flagrantes de pessoas e empresas desrespeitando as regras em quase todas as cidades que compõe a Comcam.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Campo Mourão

Cidade já perdeu 126 moradores para doença

Campo Mourão

Esta é a 119ª vitima da doença no município.

Campo Mourão

A doença já interrompeu a vida de 116 mourãoenses desde o inicio da pandemia.