conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Comcam

Após explosão de casos da Covid-19, Barbosa Ferraz suspende cultos religiosos

Em um período de 15 dias 9 moradores morreram em decorrencia da doença. Uma das causas pode ter sido uma aglomeração durante uma sessão de cura numa das igrejas da cidade, 5 pessoas que estavam presentes faleceram.

Cidade de Barbosa Ferraz. Foto: Arquivo Blog do Raoni

A prefeitura de Barbosa Ferraz, publicou nesta sexta-feira (7), um novo decreto com medidas restritivas para conter o avanço do coronavírus. Entre as medidas está a suspensão de cultos religiosos por dez dias.

Os casos de coronavírus dispararam nos últimos 15 dias na cidade. De 40 casos ativos para 179. Neste mesmo período, a doença fez 9 vítimas fatais, duas delas de uma mesma família.

Uma das explicações, segundo a Secretaria de Saúde de Barbosa Ferraz, foi um culto religioso. Valendo-se de uma decisão em caráter liminar publicada, no dia 3 de abril, pelo ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), que liberou a realização de missas e cultos religiosos em todo o Brasil. A cidade presenciou algumas aglomerações religiosas.

Imagens que circulam na internet mostram uma suposta sessão de cura realizada durante alguns dias do mês de abril por uma pessoa que se intitula “O homem da mão cirúrgica”. Pacientes que enfrentavam outras doenças, como câncer, buscavam ajuda espiritual. 

Segundo o prefeito Edenilson Miliossi, esta reunião serviu como foco de disseminação da covid-19.

“Há uns 15 dias o culto teve aglomeração de pessoas e dentro desse culto nós identificamos que várias pessoas foram contaminadas dentro desse ambiente. Então nós estamos suspendendo o atendimento nos templos religiosos, as reuniões presenciais durante dez dias, aguardamos aí que essa medida resolva ou amenize a situação”

Ainda de acordo com Miliossi, cinco pessoas que estavam no culto morreram em decorrência da covid-19. Entre elas a mulher do pastor, de apenas 36 anos. E há moradores em Unidade de Terapia Intensiva em Campo Mourão e Goioerê.

Outra justificativa para a tomada de medidas mais duras, segundo o prefeito seria o iminente colapso na saúde. “Nós estamos acompanhando o colapso que está na saúde na nossa Regional, então devido a esse colapso nós estamos publicando estas medidas mais restritivas, ampliando e intensificando a fiscalização”

Nesta quinta-feira (6), dois moradores de Barbosa Ferraz morreram em decorrência da covid-19. Um agricultor, de 60 anos, que estava no culto. E um adolescente de 17 anos, que segundo a família não apresentava comorbidades.

Da Redação com CBN

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Campo Mourão

Cidade já perdeu 126 moradores para doença

Campo Mourão

Esta é a 119ª vitima da doença no município.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.