conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Comcam

Boletim semanal da dengue confirma 26 novos casos na região

O boletim semanal da dengue publicado nesta terça-feira (22) pela Secretaria da Saúde do Paraná (Sesa) confirma 26 novos casos da doença, nos municípios que 11ª Regional de Saúde de Campo Mourão. Neste período epidemiológico, com início em agosto, a região totaliza 128 casos, distribuídos em 18 municípios. Até agora, são 848 notificações para a dengue.

Veja os casos por cidade:

  • Araruna 1
  • Barbosa Ferraz 5
  • Boa Esperança 1
  • Campina da Lagoa 24
  • Campo Mourão 1
  • Corumbataí do Sul 1
  • Engenheiro Beltrão 1
  • Goioerê 1
  • Iretama 8
  • Juranda 1
  • Mamborê 2
  • Moreira Sales 6
  • Nova Cantu 1
  • Peabiru 3
  • Quinta do Sol 4
  • Roncador 2
  • Terra Boa 7
  • Ubiratã 59

Paraná

No Paraná confirma mais 122 novos casos da doença. No atual período epidemiológico, com início em agosto, o Estado totaliza 1.497 casos, distribuídos em 175 municípios, com 5 óbitos pela doença. Até o momento são 15.981 notificações para a dengue.

Como principal medida de combate às doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, a Sesa lançou em outubro o Plano de Ação para o Enfrentamento da Dengue, Zika vírus e Febre Chikungunya para o período epidemiológico 2020/2021 com o apoio do Ministério da Saúde, Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

O Plano Estadual prevê ações de preparação para o período de maior transmissão, que é o verão, e a principal ação que já está em implantação em todo estado é a integração das equipes profissionais da Vigilância com a Atenção Primária e Urgência e Emergência, o que agiliza a investigação dos casos e busca a melhoria no acolhimento, atendimento e acompanhamento do usuário da saúde.

Entre outubro e dezembro, a Sesa realizou cinco webconferências para qualificação e integração dos profissionais. Foram registradas mais de 800 conexões em tempo real e mais de 5 mil visualizações dos conteúdos.

O Plano prevê até o final do mês o funcionamento de 60 Unidades Sentinelas, distribuídas nas 22 Regionais de Saúde, para o monitoramento do sorotipo circulante de dengue nas regiões do estado.

“Mas para que as ações surtam resultados e que o combate à dengue seja realmente efetivo, reforçamos mais uma vez que é imprescindível a participação da população na eliminação dos criadouros do mosquito transmissor da doença. A dengue mata e o controle da proliferação do mosquito Aedes aegypti depende do apoio de todo paranaense”, acrescentou o secretário Beto Preto.

Com informações Sesa

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Campo Mourão

Cidade já perdeu 126 moradores para doença

Campo Mourão

Esta é a 119ª vitima da doença no município.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.