conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Campo Mourão

Câmara de Vereadores voltará a ter sessões presenciais em fevereiro

Reunião da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Vereadores de Campo Mourão. Foto: Dirceu Portugal/Comunicação Câmara

A Câmara Municipal de Campo Mourão anunciou que iniciará o novo ano legislativo com a retomada das sessões ordinárias presenciais em plenário. O retorno está marcado para segunda-feira (22) de fevereiro e promete seguir rígidos protocolos sanitários para a não propagação da covid-19.

A decisão foi tomada em reunião da Mesa Diretora da Casa na segunda- feira (11). A presença, no entanto, será limitada a vereadores e funcionários. O atendimento ao público continuará pelo telefone ou e-mail com expediente das 7h30 às 13 horas.

“Vamos voltar com os trabalhos presenciais em plenário, por conta de que há oito vereadores de primeiro mandato que necessitam ter esse trabalho em plenário. Todas as medidas necessárias no enfrentamento à propagação do Covid-19 serão tomadas para dar mais segurança aos vereadores”, informou o presidente da Casa de Leis, Jadir Pepita (Cidadania).

A Mesa Diretora decidiu que o uso de máscaras no interior da Casa de Leis continua sendo obrigatório e no plenário serão instaladas divisórias em acrílico, totem de álcool gel e todos terão temperatura aferida antes de entrarem no ambiente.

A Câmara suspendeu suas sessões presenciais em março de 2020, assim que surgiram os primeiros casos do novo coronavírus em Campo Mourão, os vereadores passaram a legislar em formato virtual com atividades transmitidas pelo Youtube. Mesmo com o retorno dos trabalhos em plenário, as sessões devem continuar sendo transmitidas pela internet.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Campo Mourão

Cidade já perdeu 126 moradores para doença

Campo Mourão

Esta é a 119ª vitima da doença no município.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.