conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Comcam

Coronavac: 6.711 profissionais de saúde e 489 idosos institucionalizados serão vacinados na região

O Paraná deve receber 250.000 doses da vacina Coronavac nesta segunda-feira (18), transportadas por meio terrestre e aéreo a partir de São Paulo. O lote que sairá do Instituto Butantan deverá garantir o cumprimento da primeira fase de vacina no Estado, com a imunização parcial de trabalhadores de serviços de saúde, e totalmente 12,2 mil idosos institucionalizados e 10 mil indígenas residentes em terras demarcadas.

A previsão está no Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19 que ainda antecipa que a 11ª Regional de Saúde de Campo Mourão receberá 7.200 doses do imunizante para os 25 municípios da região.

Do total de vacinas que a regional receberá serão 6.711 doses para profissionais da saúde que atuam na linha de frente da pandemia e outras 489 vacinas para pessoas com mais de 60 anos que residem em Instituições de Longa Permanência para Idosos. O plano é que essas pessoas comecem a ser vacinadas na quarta-feira (20).

Além de estar no público-alvo para a vacinação, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) recomenda que mesmo pessoas que já tiveram a Covid-19 podem ser vacinadas. Recomenda-se o adiamento da vacinação nas pessoas com infecção confirmada, ou seja, que estejam doentes. Sugere-se aguardar a recuperação clínica total e pelo menos quatro semanas após o início dos sintomas ou quatro semanas a partir da primeira amostra de PCR positiva em pessoas assintomáticas. A Sesa indica ainda que as pessoas devem levar a carteira de vacinação para registro das doses.

De acordo com as pesquisas em andamento, e os critérios de exclusão utilizados nestes estudos, não devem ser vacinadas: pessoas menores de 18 anos de idade; gestantes e pessoas com histórico de reação anafilática confirmada associada a dose anterior da Vacina contra covid-19 ou a qualquer um de seus componentes. Porém, de acordo com o Plano de Vacinação, a contraindicação pode variar conforme o tipo da vacina.

A Sesa também não recomenda a administração simultânea de vacinas. A orientação é que as vacinas sejam aplicadas com intervalo de no mínimo de 30 dias entre uma e outra.

Confira a lista do total de pessoas a serem imunizadas e as vacinas a serem entregues nas regiões do Paraná:

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Campo Mourão

Cidade já perdeu 126 moradores para doença

Campo Mourão

Esta é a 119ª vitima da doença no município.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.