conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Policial

Feminicídio: Ex-marido desferiu 16 facadas em Juíza, a maior parte no rosto

Foto com o acusado sendo preso ainda no local do crime. Foto: Reprodução,

O jornal O Globo teve acesso ao laudo do Instituto Médico Legal (IML) sobre o assassinato da Juíza Viviane Vieira do Amaral Arronezi, de 45 anos, morta por seu ex-marido em frente as três filhas que o casal tiveram juntos por volta das 18h do dia 24 de dezembro na Barra da Tijuca, Rio.

De acordo com o laudo, foram 16 perfurações e alguns atingiram a mão esquerda mostrando que a Juíza tentou se defender. As informações constantes no laudo, finalizado nesse dia 25, deixam claro que o acusado do feminicídio queria mesmo acabar com a vida de sua ex-esposa e não apenas ameaçá-la.

O acusado teria, inclusive, continuado a golpeá-la depois que ela caiu no chão, já que existem 6 perfurações na parte de trás de seu corpo.

Com informações de O Globo.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Campo Mourão

Cidade já perdeu 126 moradores para doença

Campo Mourão

Esta é a 119ª vitima da doença no município.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.