Campo Mourão Saúde Todos

Santa Casa precisa preencher quadro de profissionais para reativar leitos Covid

A superintendente da Santa Casa Lucinéia Scheffer, secretário de saúde, Sérgio Henrique dos Santos e o Prefeito em exercício Beto Voidelo. Foto: Reprodução redes sociais.

O Hospital Santa Casa de Campo Mourão precisa preencher o quadro de profissionais para reativar os leitos de uso exclusivo para tratamento de pacientes com covid-19.

Com a curva de contagio do vírus novamente em elevação, o secretário de saúde, Sérgio Henrique dos Santos, anunciou que serão reativados os leitos que estavam sem funcionamento diante da queda verificada em outubro. “Se necessário o município irá usar recursos que tem em caixa pra custear até que o Estado reconheça a necessidade de reabilitar novamente”

A informação foi repassada em live nos canais da Prefeitura no fim da tarde desta segunda-feira (23). Também participaram da transmissão o prefeito em exercício Beto Voidelo e a superintendente da Santa Casa Lucinéia Scheffer.

Até outubro funcionavam 15 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 25 leitos clínicos (enfermaria), para pacientes com confirmação do novo coronavírus. Seguindo recomendação técnica a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), desabilitou, ou seja, parou de custear financeiramente 6 leitos de UTI e 15 de enfermaria.

Atualmente estão em funcionamento no hospital, 9 leitos de UTI e 10 leitos de enfermaria que chegaram a 100% de lotação na noite do domingo (22). A instituição está a espera desta reabilitação da Sesa, que deve reforçar o atendimento aos pacientes.

Segundo Lucinéia Scheffer o motivo que esta impedindo a efetiva volta do funcionamento é dificuldade na contratação de profissionais, “a cada dez leitos é uma equipe de médicos, enfermeiros, médicos, fisioterapeutas, zeladores, é toda um grupo de múltiplas funções que esta por trás do cuidado do paciente”.

Com a redução da demanda, as equipes que trabalhavam até pouco tempo no hospital, voltaram as suas atividades originais, como atendimento em outras áreas e consultórios.

Ainda segundo a superintendente mesmo com as vagas abertas, o número de profissionais disponível não é suficiente para fechar o quadro, e por isso a Santa Casa e o município estão em força tarefa atrás desses profissionais.

Na UTI covid estão internados pacientes dos municípios de Campo Mourão, Mamborê e Umuarama. Já na enfermaria, que possui 10 leitos habilitados, 17 pacientes estão internados. São pacientes de Campo Mourão, Umuarama, Cruzeiro do Oeste, Goioerê, Peabiru e Cidade Gaúcha.


Deixe um comentário