conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Educação

UEM abre inscrições para Vestibular 2020 de cursos a distância

A Universidade Estadual de Maringá (UEM), abriu, na quarta-feira (21), as inscrições para o vestibular do Ensino a Distância (EAD) 2020. São oferecidas 1.030 vagas distribuídas em cinco cursos de graduação.

As inscrições custam R$ 110 e devem ser feitas pela internet até 18 de novembro.

Há vagas para os seguintes cursos: Administração Pública, Ciências Biológicas, Física, Letras e Pedagogia.

As provas estão previstas para serem realizadas no dia 21 de fevereiro de 2021em Apucarana, Cascavel, Campo Mourão, Cianorte, Goioerê, Ivaiporã, Loanda, Londrina, Maringá, Paranavaí e Umuarama.

Conforme a universidade, os candidatos responderão questões de conhecimentos gerais, língua portuguesa e literatura, redação, língua estrangeira e provas específicas.

O resultado está previsto para ser publicado no dia 1° de abril de 2021.

O Núcleo de Educação a Distância da UEM é vinculado à Universidade Aberta do Brasil (UAB) e possui parceria com 27 polos presenciais espalhados por várias regiões do estado.

Cotas

Das 1.030 vagas disponíveis, 60% delas são destinadas para cotistas sociais ou raciais. A porcentagem destas vagas foram distribuídas da seguinte forma: 20% para cotistas sociais, 20 % para o sistema de cotas para negros e 20% para docentes da rede pública de ensino, desde que em exercício, sem formação inicial em nível superior ou que não são formados na área em que atuam.

Para mais informações basta ligar ou mandar mensagem de WhatsApp para o telefone (44) 3011-4450.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Campo Mourão

Aniversariante chegou a se esconder no meio do mato pra fugir de blitz da aglomeração.

Comcam

Entre esses pacientes, 5 estavam na lista de regulação para vaga em leitos de enfermaria e 6 pessoas necessitando de vagas em leito UTI.

Campo Mourão

Decisão foi tomada diante do aumento de casos da covid-19 e a lotação de leitos hospitalares.

Campo Mourão

Esta é a oitava morte esta semana pela covid-19