conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Brasil

Vacina falsa contra COVID-19 é vendida por camelôs no Rio de Janeiro

Comércio de rua localizados no bairro de Madureira na cidade do Rio de Janeiro, está vendendo uma “vacina” contra a covid-19. De acordo com moradores que passaram pelo local, o produto falso é vendido por R$50 com e por R$60, se o comprador quiser que seja aplicada na hora em dose única. Autoridades ainda não se manifestaram sobre o caso.

Em meio à pandemia que castiga a população, a situação chamou atenção ao ser compartilhada nas redes sociais no último domingo (20), principalmente pelo perigo que representa a saúde.

Segundo os usuários do Twitter e do Facebook que fizeram a denúncia, a mercadoria apresenta um “certificado de vacinação” e vem dentro de uma caixa semelhante às que são utilizadas em medicamentos.

A embalagem da vacina “alternativa” procura imitar a da Coronavac, a vacina produzida por laboratórios chineses em parceria com o Instituto Butantã de São Paulo, que começará a imunizar a população paulista no próximo dia 25 de janeiro.

Ontem (segunda-feira) a Anvisa concedeu à Sinovac – empresa que produz a CoronaVac o certificado de “Boas Práticas de Fabricação de Medicamentos”, publicado no Diário Oficial da União.

Com informações Último Segundo

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Paraná

Quase 12% das pessoas internadas por covid-19 no Paraná, nesta terça-feira (23), têm entre 20 e 39 anos.

Campo Mourão

Esta é a segunda confirmação neste domingo (14) no município.

Campo Mourão

Após 19 dias de internação para tratamento do vírus, ele apresentou boa evolução do quadro clínico de saúde.

Paraná

O governo do Estado deve publicar ainda nesta semana novo decreto com medidas mais restritivas de combate ao novo coronavírus.